sábado, 24 de março de 2012

Qual a magia



Qual a magia
Para roubar
Seu sono
E te fazer rolar
Em torpe nudez
Trêmula à cama

Ter desejo
Mórbido
De matar de amor
Lasciva e úmida
Fazer em descompasso
Suplicas de amor

Suspirar
Cálida
Entre os lábios
Palavras e beijos
Confessar em segredo
Os caminhos do gozo.

(FlaVcast –24.03.2012)

2 comentários:

yaradarin> Sun disse...

*Um poema sensual,envolvente!

Mexe com os sentimentos da gente!

beijos
yaradarin

FlaVcasT disse...

Obrigado querida Yara! Beijos