sábado, 11 de junho de 2011

Quero te amanhecer


Quero te amanhecer
Em sorrisos testemunhos
Precoces beijos roubá-los
Com preguiça ainda alardeada

Lascivo poder tocar
Em contentamento a pele
Que nua desperta e languida
Das sensações presentes do gozo

Olhar adernado feito naufrago
Perdidamente apaixonado em mar
Que não caber em mim de tanto você
A distante ilha que procuro chegar

Me faz entender entrega
Como raio de sol que doa-se
Ao adentrar o quarto silencioso
Entregando-nos solene o dia

E que todos os dias
Possa acordar desejoso de você
Amar e transformar o dia de canções
Sorrisos e a tua mão acariciá-la.

(FlaVcast – 11.06.2011)

3 comentários:

Eliza Gregio disse...

Flavio este e o amor que eu queria ter rsrs, lindo o seu amor meu amigo

Daniella Caruso Gandra disse...

Lindo!!! Tô lhe esperando fazer uma visitinha lá no meu, viu! ;)

FlaVcasT disse...

Todos desejam esse tipo de amor Eliza...

Daniella acebei de dar uma passadinha pelo seu blog. Tá lindo!

Beijo às duas!