terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

História de amor


Como se transbordasse
Por anos e anos amor

Os mais tenros e inocentes
Ao fervilhar hormonal

Sempre mereceram
E foram e viveram

E tantas vezes deixaram
Em seus sonhos
As pegadas pro outro

E o sol e todas as luas
Passaram tão rápidos
Que mal deram conta
O quanto há confiança

Precisam demais agora
É respirar esperança
Serem o que já são
A muito, história de amor.

(FlavCast – 22.02.2011)

2 comentários:

Dani disse...

'futuros amantes'
os escafandristas estão chegando
estão chegando os usufruístas.

FlavCast disse...

"Usufruístas" é ótimo!!!

Valeu Dan!

Abçs